SUCESSO DE VENDAS, FIAT FIORINO TEM O MAIOR VALOR DE REVENDA DE SUA CATEGORIA



 

Líder do segmento por 26 anos consecutivos e reconhecido no mercado brasileiro de comerciais  leves pelo seu excelente  custo-benefício, o Fiat Fiorino acaba de ganhar o título de campeão da categoria furgoneta de carga na terceira edição do Prêmio Maior Valor de Revenda – Veículos Comerciais. O utilitário registrou índice de depreciação de apenas 17% em três anos, segundo estudo feito pela agência Autoinforme, em parceria com a Editora Frota&Cia. Esse é o menor índice de depreciação entre os modelos da categoria.

Com a chegada da plataforma mais atual e exclusiva em 2013, que fez com que realçasse ainda mais suas boas características de veículo de trabalho, o Novo Fiorino cresceu no tamanho, ganhou maior capacidade para transportar cargas, o que aumentou a sua agilidade e versatilidade nos centros urbanos. O Fiat Fiorino vem equipado com motor 1.4 Evo Flex, que tem excelente torque em baixas rotações e baixo consumo de combustível. Tem nota “A” no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, do Inmetro, posicionando-o entre os mais eficientes e econômicos do país.

“O Prêmio Maior Valor de Revenda 2017 na categoria furgoneta de carga é muito importante para a Fiorino e, consequentemente, para a Fiat. Ressalta a vocação da marca neste segmento de veículos comerciais e todo nosso trabalho com os consumidores do modelo. Lançado no final de 2013, com pouco mais de três anos de vida, somente agora o Novo Fiorino pôde entrar nos critérios da premiação e inaugurar na categoria com o melhor índice de desvalorização do segmento é excelente e fundamental para o nosso negócio”, afirma Fábio Meira, diretor nacional de Vendas Diretas da Fiat Chrysler Automobiles (FCA).

O Fiat Doblò Cargo, vencedor das últimas duas edições do prêmio, em 2015 e 2016 respectivamente, ficou em segundo lugar este ano com apenas 18,6% depreciação ao longo de três anos. Reconhecido por seu amplo espaço interno, conforto, versatilidade, robustez e pela ótima posição de dirigir, o Doblò ajudou a garantir a hegemonia da Fiat dentro da premiação deste segmento.

Para chegar aos campeões nas 11 categorias do Prêmio Maior Valor de Revenda – Veículos Comerciais, a Agência Autoinforme utiliza as cotações de mercado da Molicar. Considerando que o prazo de renovação de frota é de cerca de três anos, a publicação pesquisa o valor médio do modelo zero quilômetro há três anos e compara com o valor médio de venda deste ano.  O levantamento avaliou o comportamento dos 100 veículos comerciais mais vendidos no mercado brasileiro.

O índice de depreciação é um indicador importante, principalmente para o mercado de veículos comerciais, pois indica quanto do investimento inicial feito será preservado no momento da renovação da frota.